Participa na Aceleração sobre prevenção, extinção e recuperação de habitat após incêndios florestais na Eurorregião Alentejo-Algarve-Andaluzia

  • Se tiver um desafio ou uma ideia inovadora, ainda pode participar no concurso de inovação aberta.

22.06.20. A Fundação Finnova, como beneficiária do Centro Ibérico de Investigação e Combate aos Incêndios Florestais (CILIFO), está a organizar a Aceleração sobre a prevenção e extinção de incêndios florestais e a recuperação do habitat numa área ardida.

O objectivo desta iniciativa é promover desafios inovadores e poder aplicá-los ao mundo real da prevenção, extinção e recuperação dos incêndios florestais através de financiamento europeu. Além disso, graças a esta ferramenta, o projecto CILIFO e o progresso do projecto desenvolvido pelos beneficiários no território da região transfronteiriça do Alentejo-Algarve-Andaluzia ganham visibilidade.

A Accelerathon-CILIFO também promove o trabalho em rede e a inovação aberta através da incubadora do projecto, o “Firefighting Open Innovation Lab – CILIFO”. O acelerador do CILIFO será capaz de captar soluções inovadoras para desafios comuns que serão elegíveis para fundos da UE, através de chamadas abertas, tais como a chamada do Programa LIFE Ambiente.

As equipas são as seguintes:

EQUIPA 1: Economia Circular para a Prevenção de Incêndios

  1. Ana Blasco – HyperIN,S.L
  2. Jordi Aura Estevan – AURES TI CONSULTORS, S.L.
  3. Sebastian Shrady – Carvão emergente
  4. Perla Adorno – Finnova Mercosur
  5. Tapio Eerikäinen – Instituto de Recursos Naturais da Finlândia

EQUIPA 2: Novas tecnologias para o combate a incêndios

  1. Gilson Batista da Silva – Uffire
  2. Leonardo Rico Fernández – Chuva Sólida
  3. Ricardo Gil Casanova – Nieblagua S.L.
  4. Irene Carrasco – ICA
  5. Juan Sebastiá Portalés – WILDFIRE SECURITY S.L.

EQUIPA 3: IoT para aviso prévio

  1. Wladimiro Arce Pérez – Cloudsensing
  2. José Javier Dávila Fortín – Internet das Árvores
  3. Marcos Rodrigo Mardones Rojas – Particular
  4. Gersón Beltrán López – Experiência Play&Go
  5. Marta Castander – Estudante

EQUIPA 4: Prevenção de Incêndios

  1. David Vinué Visús – Universidade Politécnica de Valência
  2. Agustín Aparicio OBC
  3. Antonio Costa Ballester – Particular
  4. Pablo Corbalan Pelegrin – Universidade de Trento

EQUIPA 5: Drones e veículos não tripulados

  1. David Vinué Visús – Universidade Politécnica de Valência
  2. Juan Carlos Sesma Fraguas – Revolução do CO2
  3. Paco Morente – Controlo Biomimético de Kowat
  4. Fernando Moreno-Torres Camy – MTC Soft, S.L.
  5. Enrique Moreno-Torres García-Torres – MTC Soft, S.L.

EQUIPA 6: Recuperação do habitat

  1. José Luís Bustos Jiménez – BRIOAGRO TECH, S.L
  2. Mario Cappalletti – Soc.Coop.ARCA di Como S.C.S.
  3. Nuno Cavalho – Fundação das 500,000 Árvores
  4. Gregorio Antonio Valencia Abrego – Ecoturismo La Yeguada OBC
  5. Sara Lago – EDAFOTEC

Se tiver um desafio ou uma ideia inovadora, ainda pode participar no concurso de inovação aberta.

Como? enviando um e-mail com a sua ideia para beatriz.martinez@finnova.eu antes de sexta-feira, 26 de Junho de 2020.

 

O QUE É A ACCELERATHON?

Accelerathon é um programa de aceleração de projectos inovadores promovido pela Fundação Finnova. Esta metodologia da Fundação Finnova visa encontrar soluções e financiamento, através de um sistema em linha de inovação aberta aplicada que reúne o ecossistema inovador no sector ambiental, no qual a Comissão Europeia trabalha.

Para tal, haverá formação, tutoria, um júri e alguns prémios muito especiais, incluindo a possibilidade do projecto vencedor ser submetido a um convite à apresentação de propostas, como, por exemplo, ao abrigo do Programa LIFE: um projecto até 2 milhões de euros ao longo de três anos.

OBJECTIVO E DESAFIOS DA ACCELERATHON

O objectivo é responder ao desafio 13 e 15 das OPS da ONU de inovar na tomada de medidas urgentes para combater as alterações climáticas e os seus efeitos, bem como proteger, restaurar e promover a utilização sustentável dos ecossistemas terrestres, gerir de forma sustentável as florestas, combater a desertificação, travar e inverter a degradação dos solos e travar a perda de biodiversidade.
Os desafios futuros:

  • Prevenção de incêndios florestais.
  • A extinção de incêndios florestais.
  • Restauração do habitat após os incêndios florestais

Estes desafios visam identificar soluções inovadoras, para além de atrair empresas, entidades públicas ou privadas, start-ups ou empresários que definem os seus desafios ambientais em termos de prevenção e recuperação de incêndios florestais.

ACCELERATHON – CILIFO

A quem se dirige?

A Accelerathon é um concurso de inovação no qual podem participar empresários, universidades, institutos tecnológicos, associações empresariais, câmaras municipais, parques industriais, PMEs e entidades em geral (públicas e privadas) de todo o mundo, na condição de estarem empenhados nos desafios acima mencionados.

Um concurso de equipas com formação: o concurso das diferentes equipas será realizado com ferramentas de e-learning e com a metodologia dos projectos europeus, será realizado um trabalho conjunto para obter as melhores soluções. Os utilizadores participantes poderão frequentar um curso de formação sobre financiamento europeu.

Duração e prémios

O programa Accelerathon-CILIFO durará aproximadamente duas semanas (a partir de 21 de Junho, quando se encerram as inscrições, até 30 de Junho de 2020, quando se realizará a final). Como prémio, será atribuído um bilhete de Aceleração Europeia para aceder aos fundos da UE, para se internacionalizar ou para co-desenhar um projecto europeu no domínio do CILIFO.

CONTACTE-NOS:

Beatriz Martínez Muñoz (Técnica Europeia de Projectos e Comunicação na Finnova)

beatriz.martinez@finnova.eu

Adrian Noheda (Gestor de Projecto Europeu na Finnova)

adrian.noheda@finnova.eu