O CILIFO celebra o Dia do Provedor do Ambiente

17.07.2020. Em 2006, as Cortes de Castilla-La Mancha aprovaram numa sessão plenária extraordinária uma lei estabelecendo o dia 17 de Julho de cada ano como o Dia do Provedor do Ambiente, em homenagem aos onze bombeiros florestais que perderam a vida enquanto lutavam contra o incêndio declarado em 2005 no Ducado de Medinaceli (Guadalajara).

Este dia é um dia de reflexão que promove a consciência dos cuidados ambientais e da acção responsável nas áreas florestais. A Lei 2/2006, de 17 de Julho, estabeleceu a celebração deste dia na região de Castilla-La Mancha, “com o objectivo de exprimir a gratidão da sociedade castelhana-La Mancha para com todas as pessoas que deram a sua vida em defesa do ambiente, e para com aqueles que lutam todos os dias para contribuir para a melhoria e a protecção do nosso património natural”, tal como se afirma na lei.

Neste sentido, o projecto “Centro Ibérico de Investigação e Combate aos Incêndios Florestais” (CILIFO) centra-se na luta contra os incêndios florestais e suas consequências para a adaptação e mitigação das alterações climáticas; num quadro de cooperação transfronteiriça para a prevenção de riscos e melhor gestão dos recursos naturais em Espanha e Portugal na área da Eurorregião Alentejo – Algarve – Andaluzia. O CILIFO está enquadrado no Objectivo Temático 5 do Programa POCTEP: Promover a adaptação às alterações climáticas em todos os sectores; e responde à prioridade de investimento, com respeito ao Programa POCTEP, 5B: Promover o investimento para enfrentar riscos específicos e assegurar a adaptação a catástrofes e o desenvolvimento de sistemas de gestão de catástrofes.